Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Pólis

Direita com falta de imaginação

De repente querem todos mostrar-se durões com os políticos

Já perdi a conta ao número de notícias acerca de propostas dos partidos ditos de Direita, para aumentar penas ou períodos de impedimento do exercício de cargos públicos para políticos.
Não acho que as propostas sejam más, pelo contrário, só que é triste vê-los todos a ceder a uma agenda populista. Isto são propostas "clickbait". Como aquelas pessoas que quando o/a cônjugue diz que gosta de fazer X na cama, passam a fazer sempre X para agradar. Na cabeça delas, não há que enganar, se disse que gostava daquilo, então a satisfação vai ser 100% garantida!

Os partidos da direita começam a entrar em pânicos com as sondagens e, em desespero, querem agradar os eleitores fazendo tudo o que estes pedirem. Como é de senso comum que 9 em cada 10 portugueses considera os políticos uns aldrabões que deviam apodrecer a ver o sol aos quadradinhos, este ano o PSD, o CDS, a IL e o CH sucedem-se nas propostas anti-políticos. Acham que quanto mais severa a proposta, mais satisfação por parte do eleitor. Uma espécie de leilão "quem bate mais no político?".  Só que esse caminho se no CH seria natural, pois tal como o BE, é populista, nos restantes 3 é apenas confrangedor. Temos o maior partido da Oposição, o seu antigo parceiro de Governo e uns supostos moderninhos de Lisboa, todos a apresentar o mesmo.
Não há um proposta inovadora, uma nesga que demonstre visão estratégica para o país. Pensamento a médio-longo prazo, nada. Vão ao sabor da comunicação social, das sondagens e das caixas de comentários das redes sociais.

Humilham-se e sem se aperceberem, caminham numa convergência perigosa que cimenta a imagem da política como atividade de gente criminosa, pois se as pessoas já o diziam agora só podem ler estas enxurradas de propostas punitivas como a confirmação. O caldo perfeito para singrarem os extremos.

external-content.duckduckgo.com.jpg

 

-Tão novo... e já se foi.
- Sim mas agora deve estar a receber uma massagem.
- Hã?
- Esquece.


O desabafo foi espontaneamente largado, sem ter atenção a que nem todos privaram o mesmo tempo com o falecido ao ponto de terem ouvido uma das suas mais divertidas divagações:

"Se houver céu, espero que seja um sítio onde nos fazem uma massagem nas costas para o resto da eternidade."

Maria das Dores Meira & João Maria Lda

a conta fica para o setubalense

external-content.duckduckgo.jpeg

 

 



A saga das decorações na belíssima cidade de Setúbal continua ao rubro. Ou melhor, devia continuar ao rubro, dado que ultimamente têm surgido novas informações que parecem ser interessantes para toda a gente, menos para os jornalistas.

Aquando do Natal, a estoirou a polémica das múltiplas contratações em decoração, da câmara municipal de Setúbal ao decorador João Maria. Quase 250 mil euros só ano passado, que por acaso foi só o ano em que se iniciou a pandemia e em que secalhar os 250 mil euros poderiam ter feito jeito para ajudar alguém.

Numa pesquisa superifical ao site BASE, onde se consultam os ajustes directos e outras contratações públicas neste país, podíamos verificar que era prática comum, nos último anos, a CM Setúbal recorrer aos serviços de decoração do sr. João Maria. No entanto, nunca se tinha chegado aos valores a que se chegou o ano passado.

O facto gerou muita indignação mas mereceu pouca atenção do Executivo liderado por Maria das Dores Meira, que como já é hábito se finge de morta quando há críticas indefensáveis à sua gestão. Acontece que, como dizia uma juventude partidária aos jornais, as decorações de Natal eram afinal apenas a "ponta do icebergue".

Este mês, um blog expôs mais uma descarada movimentação do sr. decorador oficial do reino, João Maria, para continuar a receber ajustes directos da Câmara Municipal de Setúbal. Numa tentativa de chamar menos à atenção e simultaneamente chamar-nos a todos parvos, João Maria criou uma panóplia de empresas para que os ajustes directos não sejam todos atribuídos a uma só entidade, mas a várias. Dá-se uma aparência de diversidade na escolha do prestador de serviços, mas no final vai tudo para ao mesmo bolso: o de sua excelência, João Maria.

ajustesdirectosjoaomaria.jpg


Também esta semana, foi divulgado no Facebook um recorte de jornal, que revelou que a relação entre a atual presidente da câmara de Setúbal e o atual decorador oficial da câmara de Setúbal já vem de longe...

Euxeo-vWQAQ7IhX.jpg


Estes novos dados, expostos e acessíveis a qualquer um de nós, infelizmente não têm merecido a devida atenção dos media regionais, que, como sempre continuam a fazer um jornalismo que não incomoda nem pretende sequer melgar um bocadinho.

Os media regionais continuam a querer ser sites de publicidade, com medo de afrontar o poder local, expondo os seus podres. O jornalismo em Setúbal não se interessa pelo favorecimento de amigos ou pelas portas giratórias.

Ninguém se incomoda com este por e dispor da sra. presidente, que às claras, na nossa cara, ajuda os amigos com negociatas que nos custam milhares de euros.

A rede clientelar da CDU em Setúbal tem tido um crescimento proporcional às maiorias absolutas e aos anos que acumula na cidade sadina. É preocupante, mas ainda poucos se parecem preocupar. Pelo menos os que ainda não pertencem à lista de bajuladores oficiais ou de silenciados com um favorzinho ou outro.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub