Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

The Pólis

The Pólis

A fábrica de sapatos do deputado Rui Rio

Quando o sr. deputado Rui Rio comparou a comunicação social a uma fábrica de sapatos, no início de maio, a minha primeira reacção foi imediatamente repugnar tais declarações que, na minha ótica, revelavam uma tremenda ignorância para com um setor muito característivo e essencial à democracia.

Agora, com mais algum tempo passado e novo registo de uma declaração pública de ignorância por parte do alegado (só para quem é ingénuo) pretendente a primeiro-ministro sobre a comunicação social, só me resta dizer que é triste.

É trsite quando um político para mostrar força, sente necessidade de atacar a comunicação social. Não é inédito, mas não me permite ainda assim retirar o adjetivo.

Rui tem repetidamente dado sinais estranhos, por momentos interpretados como propostidados, enquanto face da Oposição. No entanto, este comportamento para com os orgãos de comunicação social, só revelam cada vez mais que é uma Oposição capada. E nessa condição só lhe resta "bater" no bode expiatório de todos os males do mundo: o jornalismo.
Compare-se, a título de curiosidade,acerca da notícia sobre a recente tirada de RR no Twitter, nessa rede social o número de "tuítes" que escreve sobre o dinheiro que vai ser canalizado para a Comunicação Social (15 milhões) com o que foi canalizado para o ruinoso Novo Banco (850 milhões).

É esta a estratégia de Rui Rio para se mostrar alternativa ao PS de António Costa - não provocar o Governo, desprezar e achincalhar a comunicação social e combater a sua oposição interna publicamente.

A Oposição, liderada por Rui Rio é também ela como uma fábrica de sapatos. Ambas não fazem oposição a nenhum Governo.

21 comentários

Comentar post